Vernisage de Joana Vasconcelos em São Paulo.


Contaminação – Joana Vasconcelos

Hoje foi o dia: a exposição de Joana Vasconcelos, na Pinacoteca de São Paulo, abriu as portas e estendeu-se até ao 2º piso, por entre as esculturas de August Rodin. “Contaminação” é uma reprodução de formas orgânicas, a partir de tecidos coloridos, adereços, enfeites, forrações e enchimentos, concebidos a partir de vários materiais, dos tecidos aos fios para croché, numa espécie de colcha de retalhos dos fragmentos recolhidos pela artista em viagens à Turquia, Índia, África e Europa.

A ideia foi “embrenhar-se” na arquitectura do museu, como “serpentes escapadas de uma medusa, tentáculos para contaminar o espaço de cores e erotismo”, explicou Ivo Mesquita, curador da exposição. Com cerca de quinze metros de diâmetro, parte do material empregue na criação do corpo têxtil, colorido e disforme, também foi adquirido em lojas de festas e fantasias na região do museu. “Além de sua escala ambiciosa que envolveu com aconchego o museu, a beleza desse trabalho está na riqueza dos detalhes”
Fonte: Lusa-Brasil

* Foto: Agência Lusa

2 Respostas

  1. […] que não sabe ainda o que fazer, uma ótima pedida é apreciar as exposições da Pinacoteca – Joana Vasconcelos, Coleção Brasiliana – Versões e Narrativa e Tarsila do Amaral. Esta última, inclusive,é […]

  2. […] algumas semanas mencionei aqui no blog a exposição da Joana Vasconcelos na Pinacoteca de São Paulo. Muito bem, o pessoal do […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: