Governo estuda viabilidade financeira da reciclagem de fraldas.

O Governo está a estudar a viabilidade financeira de um sistema de reciclagem nacional de fraldas descartáveis, já que toneladas destes resíduos são todos os dias depositadas em aterros, onde podem resistir 500 anos, ou queimadas em incineradoras.

Dados da Valorsul, indicam que os têxteis sanitários (fraldas, pensos higiénicos) representam cerca de 5% da totalidade dos resíduos sólidos urbanos recebidos pelos carros de lixo de recolha indiferenciada.

“Dentro desses 5%, podemos afirmar que a maior parte são fraldas”, afirmou fonte da Valorsul.

Os últimos estudos internacionais sobre as fraldas, consideradas um dos piores resíduos domésticos, indicam que cada bebé usa cerca de 5 mil fraldas nos primeiros 2 ou 3 anos, o que corresponde a cerca de uma tonelada de resíduos.

Fonte: RTP/Lusa

Apesar de já existir uma empresa, a Tecnoexpor, interessada no negócio, há dois anos  que aguarda regulamentação e autorização para instalar três unidades de reciclagem, à semelhança dos que implementou em Espanha, a partir de tecnologia desenvolvida pela Knowaste.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: